segunda-feira, 25 de maio de 2015

O mundo é uma caixinha de surpresas que nos vai deslumbrando, umas vezes ficamos maravilhados, outras vezes tristes e acabrunhados ou então suscita perguntas pertinentes e impertinentes.
Agora que as notícias correm céleres dificilmente conseguimos digerir tudo o que nos é informado ou sugerido.
O que está na berra actualmente no nosso país, é o futebol que não dura só uma semana mas nos envenena permanentemente (eu gosto do futebol, do jogo em si) e leva a desmandos absolutamente impróprios para o homem fautor da cidadania, seja policia ou adepto.
O Benfica campeão encheu abusivamente durante uma semana, e continua a abusar, tudo o que é meio de comunicação social quase parecendo que a salvação  estava nessa vitória.
Começo a pensar seriamente que talvez seja verdade, que a salvação está nesse magote de gente que anda atrás da bola sentada na bancada se a energia gasta nos berros e nos apupos, no acumular de ódios e criticas de maus gosto, na degradação moral e falta de cidadania, fosse utilizada numa consciência solidária, numa atitude respeitosa devida aos adversários, na sua vida pessoal e colectiva e no que se passa à sua volta e pode modificar-lhes a existência, para bem ou para mal.
Acho bem que as pessoas gostem de um clube desportivo, que se sintam orgulhosas pelas vitórias alcançadas mas não só no futebol.
Sou vitoriano dos quatro costados e podem dizer que o Vitória de Setúbal é Vitória Futebol Clube e eu falo mal do futebol!?...eu não falo mal do futebol desporto, mas não suporto a clubite idiota, odeio o futebol usado como droga, as provocações cínicas dos seus dirigentes, as volumosas e ofensivas,quantidades de dinheiro que movimenta e podia ser usado de melhor de maneira mais útil e servil.
Mas deixemos o futebol, todos os dias o jornal mais lido em portugal e outros medias acompanhantes falam até à exaustão dos desvios imorais de um ex-primeiro ministro, tal atitude leva-me a pensar duas coisas: ou arranjaram uma mentira e vão repeti-la muitas vezes para que se torne verdade, ou devem de ser muito bem pagos para tão grande publicidade, hoje o dinheiro vale mais que os valores que fomos acumulando ao longo de séculos. E digo isto porque há outros figurões, também com culpas no cartório, que lá são falados de vez em quando e outros, esses parece-me que são imunes,por isso bico calado ou piem baixinho.
Há ainda a barbárie do auto proclamado estado islâmico que tomou Palmira, fala-se disso para não dizer que não se fala nada de tal assunto, porque se se fala muito os amigos americanos podem ficar zangados e com razão, então não são eles unha com carne com a Arábia Saudita por causa do petróleo e são os sauditas vão ajudando o tal estado islâmico, lá se vão entretendo a deitar umas bombitas para não ficarem mal na fotografia, percebe-se porquê, entre outras baralhadas.
Amanhã se for vivo escrevo mais.

Sem comentários: